Chama do Bem conduz pautas sociais dentro da startup

O projeto Chama do Bem tem o objetivo de criar e desenvolver ações concretas que melhorem a vida dos brasileiros, através de ajuda a ONGs ou órgãos governamentais. O projeto, que nasceu em julho deste ano, envolve todos os colaboradores do Chama. 
 

Desde então, o Chama do Bem tornou-se o fio condutor de pautas sociais externas e internas da startup e está presente em ações de diversas naturezas, tornando-se parte da cultura organizacional da empresa, fortalecendo seus valores e motivando a todos a se envolverem com questões de cidadania, solidariedade, diversidade e empatia. 
 

A primeira iniciativa do Chama do Bem, colocada em prática no mês de julho, foi uma parceria com o PROJETO JUSTICEIRAS que resultou na criação do botão do pânico para denunciar casos de violência doméstica que direciona ao formulário de pedido de ajuda do PROJETO JUSTICEIRAS (exceto quando a vítima estiver em situação iminente de risco: disque 190 para pedir ajuda às autoridades policiais do seu Estado e depois preencha o formulário). 

 

Dentro do projeto a mulher que procurar ajuda será atendida por 4 áreas, em até 48 horas, através do seu whatsapp. Ela poderá informar o melhor dia e horário para receber o contato das JUSTICEIRAS VOLUNTÁRIAS e até combinar uma palavra de segurança, pois caso esteja na presença do agressor no momento em que receber a mensagem, não estará em risco ainda maior.

 

Ao baixar e/ou acessar o aplicativo do Chama e clicar em "Perfil", os usuários encontram o ícone "Violência contra mulher", através do qual têm acesso a um formulário que a direciona para o Justiceiras. A partir de uma análise multidisciplinar, inicia-se o contato e o acolhimento a esta vítima.

 

Uma outra iniciativa do Chama do Bem, que envolve diretamente os colaboradores, é a doação do seu benefício do vale-gás à ONG Anjos da Noite, entidade que cuida de pessoas em situação de rua. Os colaboradores do Chama recebem um botijão de gás por mês e aqueles que não necessitarem do benefício podem comunicar ao RH e fazer a doação.

 

Diversichama

Tratar internamente de pautas acerca da diversidade e inclusão também faz parte do Chama do Bem, reforçando seu papel dentro da cultura organizacional da empresa. O Diversichama, por exemplo, é uma das iniciativas que resultaram deste projeto. Com isso, cada vez mais a inclusão, o combate ao preconceito e o incentivo à diversidade estão presentes dentro da empresa.

 

Recentemente, todos os colaboradores participaram de um encontro com o tema “Inclusão de Pessoas Pretas no mercado de trabalho”, com a RP Juliana Renata Santos, co-fundadora de coletivo negro universitário e voluntária em diversos projetos sociais. 

 

Essas iniciativas do Chama do Bem marcam o início de um trabalho que, coletivamente, será ampliado para impactar cada vez mais pessoas.