De volta à natureza: dicas de parques e praças para curtir em segurança

De volta à natureza: dicas de parques e praças para curtir em segurança

Depois de tantos meses com a mobilidade limitada por causa da pandemia, muito tempo em casa, sem ver amigos e família, já vemos algumas cidades liberarem quase todas as atividades e, aos poucos, as pessoas que se sentem confortáveis em retomar a rotina, voltam a sair. E, como ainda todo cuidado é pouco, os programas preferidos do momento têm sido ao ar livre.

Apesar de que em algumas cidade nem todos os parques e praças voltaram a funcionar normalmente, reunimos alguns que já estão abertos. Sempre querendo simplificar seu dia a dia, aqui vão opções desses espaços que juntam o contato com a natureza e a possibilidade de ler um livro, fazer um lanche, praticar algum esporte ou mesmo passear com o cachorro em segurança.

SÃO PAULO:

Na capital paulista, os parques municipais e estaduais já estão abertos, confira alguns aqui:

Parque Villa-Lobos

Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001 - Alto de Pinheiros

Parque da Água Branca

Av. Francisco Matarazzo, 455 - Água Branca

Jardim Botânico

Av. Miguel Estéfno, 3031 - Vila Água Funda

Praça Vinícius de Moraes

Av. Giovanni Gronchi, s/n - Morumbi

Parque Guarapiranga

Av. Guarapiranga, 575 - Parque Alves de Lima

BELO HORIZONTE:

As visitas aos parques em Belo Horizonte estão acontecendo mediante a reservas feitas pela internet, visando o controle da quantidade de pessoas no lugar.

Parque Municipal Renato Azeredo

Av. José Cleto, s/n - Palmares

Parque das Mangabeiras 

Av. José do Patrocínio Pontes, 580 - Mangabeiras

Parque Real

Rua Tres Mil E Setenta E Quatro, 201 - Paulo VI

Parque Municipal Jacques Cousteau

R. Augusto José dos Santos, 366 - Estrela do Oriente

Parque Municipal Américo Renné Giannetti 

Av. Afonso Pena, 1377 - Centro

PORTO ALEGRE

Orla do Guaíba

Av. Edvaldo Pereira Paiva - Praia de Belas

Parque Chico Mendes

R. Um, 6 - Jardim Leopoldina

Parque Germânia

Av. Túlio de Rose, s/n - Passo d'Areia

Parque Gabriel Knijnik

R. Amapá, 2300 - Vila Nova

Parque Harmonia

Av. Loureiro da Silva, 255 - Praia de Belas

Com algumas opções em mãos, é bom também sempre lembrar que a convivência com outras pessoas nos parques deve ser sob cuidados. A máscara, por exemplo, segue sendo indispensável quando você sai de casa. Mesmo em lugares abertos e amplos é indicado que você ande com ela sempre no rosto. 

Assim que escolher um ponto para ficar - seja com os amigos, ou sozinho - é bom ter uma margem de distância para outros grupos de pessoas. Com uma boa distância, pode ser seguro tirar a máscara para comer algo ou conversar (de novo, só se for seguro).

Outra coisinha que virou nosso amigo íntimo nessa pandemia e deve seguir nos acompanhando é o álcool gel. Em um lugar onde é mais fácil se sujar, como em um parque, ele é ainda mais essencial.

E como em todos os outros lugares que você for durante a pandemia, é mais do que necessário respeitar o espaço do outro - não só durante a pandemia, não é mesmo? - já que há pessoas que estão mais relaxadas e outras menos. Para que a convivência dê certo nesse momento delicado é importante não ignorar os protocolos exigidos em cada local e priorizar atitudes sensatas.

E aí, deu vontade de curtir uma natureza? É sempre bom aproveitar os dias livres com um ar puro, e com a quarentena rolando há tanto meses é ainda mais gostoso poder reencontrar a paz que esses lugares transmitem.