Saiba o que gasta mais energia em casa e como economizar

Em 2021, além do aumento do valor do botijão de gás, ainda tivemos o ajuste crescente na conta de luz. Com as contas do fim do mês cada vez maiores por conta dessa precificação e da inflação, o que resta é tentar economizar a qualquer custo. 

Por isso, o Chama vem com algumas dicas de economia para a energia, apontando os maiores vilões que você pode ter dentro de casa na hora da contagem da luz. Você sabe quais aparelhos e eletrodomésticos mais gastam? Olha só:

  • Chuveiro elétrico: acredite se quiser, ele é o maior consumidor de energia da casa, se usado com frequência. Isso porque o processo de transformar energia elétrica em energia térmica consome bastante potência. O que fazer? Se não tiver opção de usar outras formas de aquecimento, como a gás ou energia solar, a única saída é evitar o banho com água aquecida. Deixe apenas para os dias que realmente estão mais frios;
  • Computador/Notebook: sobretudo durante a pandemia, em que a internet virou aliada de todos, o uso do computador aumentou muito. Em caso do desktop, computador de mesa, a tela é a principal culpada pelo alto gasto, por isso, enquanto não estiver usando, é recomendável desligá-la. Já nos notebooks, o ideal é carregá-los antes de usá-lo, assim, o carregamento ocorre de forma mais rápida;
  • Ar-condicionado: é verdade que há regiões no Brasil em que o ar-condicionado é quase essencial nos tempos de mais calor. No entanto, até nesses casos, existem estratégias para driblar a necessidade do uso contínuo. Para sua noite de sono, por exemplo, é possível passar algumas horas com o ar ligado e depois trocar para o ventilador. Com o ar frio e o quarto fechado, o ambiente seguirá fresco. Já para as regiões que não sofrem com esse calor, fica mais fácil deixar o uso do ar-condicionado apenas para ocasiões especiais ou os dias mais quentes;
  • Micro-ondas: O perigo do micro-ondas é a hora em que ele não está sendo usado. E, se você perceber que não utiliza o aparelho todo santo dia, pode ser melhor deixá-lo fora da tomada nesses momentos.
  • Decodificador de TV: Aquele aparelhinho da TV a cabo gasta mais energia do que você imagina. Alguns modelos, hoje em dia, desligam após algumas horas sem uso. Mas, é importante sempre lembrar de desligá-los junto com a TV, para não deixar funcionando enquanto ninguém está assistindo;
  • Geladeira: Por fim, mais não menos importante, é sempre bom ficar de olho no uso da geladeira. Abrí-la com muita frequência deixa seu interior menos gelado e faz com que o eletrodoméstico precise trabalhar mais para manter sua temperatura, gastando assim mais energia. Por isso, quando for cozinhar, o ideal é que você já pegue tudo que for necessário da geladeira, para não precisar abrir várias vezes seguidas. Além disso, se for viajar ou passar alguns dias fora de casa, atente-se à temperatura escolhida. Como ela vai ficar fechada por um tempo, pode ser que seja mais adequado diminuir a intensidade, o que evita produtos congelando e ainda diminuiu o gasto de luz. 

 

Bom saber dessas coisas, né? Todo mundo gosta de uma boa economia, que ajuda no fim do mês, por isso, o Chama sempre tenta solucionar problemas da sua rotina. Aqui é assim, não complica, Chama!