Dicas de como fazer economias domésticas

Dicas de como fazer economias domésticas

Durante a pandemia, economizar virou regra pra muita gente e, estando mais tempo dentro de casa, a necessidade de diminuir os gastos domésticos ficou ainda maior. Pensando nisso, o Chama trouxe dicas para simplificar sua rotina em relação a pequenos custos que podem ser cortados e, assim, fazer a diferença no final do mês.

Às vezes, pequenas mudanças no dia a dia já são o suficiente para começar um controle de gastos e, ainda por cima, conseguem ser sustentáveis. Para você dá esse pontapé dentro de casa, aqui vão umas dicas:

Energia

Para diminuir a conta de luz, alguns macetes podem fazer a diferença. Se você possui ar condicionado em casa, por exemplo, é importante manter os filtros sempre limpos, já que a sujeira faz com que o aparelho tenha que trabalhar mais, gastando, assim, mais energia. Seguindo a mesma lógica, para a geladeira funcionar sem exigir mais de seu motor, é aconselhável que você não guarde alimentos quentes ou mornos dentro dela.

E na hora de comprar ou trocar um eletrodoméstico, dê preferência aos que têm classificação A no consumo de energia. Geralmente, aparelhos mais em conta não possuem tal classificação, no entanto, na hora da conta de luz, o barato fica caro, uma vez que esses eletrodomésticos gastam bem mais energia que os mais bem classificados.

Água

Na economia de água, é sempre bom lembrar que além de diminuir a conta, você também está evitando o desperdício. E o básico, nestes quesitos, é fechar a torneira e o chuveiro na hora de escovar o dente, se ensaboar ou lavar o cabelo. Além disso, outra boa dica para o banheiro é a instalação de uma descarga econômica.

Outra forma de economizar água, mas que também ajuda na conta de luz, é na lavação de roupa suja. É melhor uma leva grande de roupas para serem lavadas em uma única vez na máquina, do que lavar em várias porções menores.

Cozinha

Desde comidas até a coleção de potinhos para as sobras: dentro da cozinha há muita oportunidade de economizar um dinheirinho. A mais importante é em relação ao consumo, já que, durante a pandemia, comer em casa ficou ainda mais comum. Seja colocando a mão na massa ou mesmo pedindo aquele delivery, a sobra de comida também deve aumentar nessa época, e aproveitá-la é parte essencial na hora de economizar - sem contar que precisamos evitar ao máximo jogá-la fora. 

Há diversas formas de comer as sobras de um jeito mais prazeroso, com receitas criativas, que as deixam mais gostosas. Além disso, para armazená-las na geladeira, é sempre bom ficar de olho em embalagens reaproveitáveis, que podem ser usadas como potinhos e, melhor ainda, sem custo algum.

Outra maneira de gastar menos é na hora de fazer compras. Fazer um planejamento semanal com o que vai ter de almoço, por exemplo, já dá um bom indicativo do que não vai ser necessário. Evitar compras impulsivas também é uma forma de diminuir gastos desnecessários no mercado.

Para finalizar, se você gosta de cozinhar, poder usar alguns temperos caseiros deixa a comida ainda melhor, certo? Seja em casa ou apartamento, no jarrinho ou na terra, está cada vez mais fácil ter sua própria hortinha, que além de ser uma delícia de experiência, evita que você sempre precise comprar certos temperos e hortaliças. 

Nada de bicho de sete cabeças, não é mesmo? Começar uma economia dentro de casa pode ser mais fácil do que você imagina, e esperamos que essas dicas sejam úteis para o seu dia a dia. Como de praxe, o Chama pensa nas mais diversas soluções para você. Por isso, não complica, Chama!