Chama ajuda mulheres em situação de violência

Por meio do projeto Chama do Bem, o Chama ajuda a proteger e combater a violência contra a mulher. Desde julho deste ano, nosso aplicativo conta com um botão de pedido de ajuda, disponibilizado em parceria com o Justiceiras.

 

Ao baixar e/ou acessar o aplicativo do Chama e entrar em "Perfil", você encontra o ícone "Violência contra mulher" e caso esteja passando por uma situação de violência, seja ela física, psicológica, moral, sexual e patrimonial, ou conheça alguma mulher que está sendo vítima, basta clicar e terá acesso a um formulário que direciona para o Justiceiras. A partir de uma análise multidisciplinar, inicia-se o contato seguido do acolhimento necessário diante da situação. É dever de todos e todas denunciar os crimes de violência contra a mulher, pois é assim que se salvam vidas. 

 

O Chama acredita que quanto maior for a rede de apoio às vítimas, maior o combate a violência contra a mulher. Apesar de as mulheres estarem à frente das principais decisões da família, contribuírem com grande parte - quando não integralmente - do orçamento doméstico, terem conquistado protagonismo em praticamente todas as áreas profissionais e praticarem cada vez mais o empoderamento cada, os números da violência ainda são assustadores no Brasil, o que reforça a urgência e importância de auxiliar o público feminino a denunciar o agressor de forma prática, discreta e segura.

 

Sobre o Justiceiras

O projeto Justiceiras tem como idealizadora Gabriela Manssur, Promotora de Justiça do Estado de São Paulo desde 2003. As voluntárias Justiceiras já ajudaram mais de 7 mil mulheres no Brasil e no mundo, oferecendo rede de apoio, acolhimento e orientação jurídica, psicológica, social e médica, de forma gratuita e online.

 

Se você está passando por alguma situação de violência ou conhece alguém vivenciando esta triste realidade, utilize o botão no aplicativo do Chama. Não se cale. Busque ajuda.